segunda-feira, março 27, 2006

Última hora 2

Os médicos espanhóis do Hospital de Badajoz, recusaram a hipótese de os bébes portugueses de Elvas irem nascer à maternidade de Badajoz, após o previsto encerramento da maternidade desta cidade alentejana.
O Ministério da Saúde emitiu entretanto um comunicado a indicar que já tem solução para o problema: Os bébes de Elvas irão no futuro nascer a Marrocos, na maternidade do Hospital de Tanger ou de Rabat, sendo que para tal irá ser assinado um protocolo de cooperação com o Ministério da Saúde Marroquino. Para além desta vantagem poderão ainda optar pela nacionalidade portuguesa ou marroquina.

1 Comments:

Anonymous Celia Luz said...

Hehehe essa tá boa!

27/3/06 23:50  

Enviar um comentário

<< Home