terça-feira, fevereiro 14, 2006

Negócios da China

Pouco a pouco, com pézinhos de lã e muita paciência oriental, as lojas chinesas foram invadindo as nossas cidades e vilas. Vendem barato e é isso que o Português quer e rápidamente foram ocupando o espaço das chamadas lojas dos 300 (ainda no tempo do escudo).
Aparentemente, nada de especial, na concorrência desta economia de mercado, em tempos de globalização.
Só que como diz o ditado, as aparências iludem … e uma grande tramóia está afinal, por trás desta invasão oriental .
Comecei por estranhar o facto de irem ocupar lojas, com rendas altíssimas, em zonas que ninguém pegava, dados os preços exagerados . Estranhei também só venderem produtos Made in China e nem sequer uma coisinha de qualquer outro lado (eu sei que na China é muito barato, mas há outros locais igualmente baratos …).
Como sou por natureza curioso, andei por aí a perguntar e fiquei espantado, com o que descobri !!!
As rendas altíssimas das lojas, são pagas directamente pelo governo chinês (!!!), que como contrapartida exige aos donos chineses, que só vendam produtos chineses (espertos os “meninos”!!!). O governo Português isentou estes comerciantes estrangeiros, do pagamento de IRC, durante 5 anos (chocante !!!) e as máfias chinesas, desejosas de se implantarem no Ocidente, aproveitam tal facto, para lhes imporem uma sobrefacturação e assim “lavarem” muito dinheiro sujo, vindo de negócios suspeitos.
E esta hem ? Não é de ficar pasmado !!! Enquanto o comerciante Português chafurda afogado em impostos, estes tem a papinha feita, para tomarem conta do mercado e assistem impávidos e serenos ás falências em cadeia, de todos os seus competidores nacionais. Quantos políticos nacionais não terão engordado as suas continhas na Suiça, á pala destas facilidades ?
E o que dizer do controle de qualidade dos artigos “roskof”, que estas lojas vendem ? E o que dizer da obrigação de etiquetagem em Português e da garantia obrigatória dos produtos ?
Isso para não falar do facto, que passados 5 anos, quando se acabar o prazo da benesse, a loja declara falência, o comerciante chinês, “dá de frosque”, mudando-se para o outra terra, para reiniciar de novo o esquema.
Incrível, não é ?
Já pensou também porque são tão baratos estes artigos ? Porque são feitos com material da mais baixa qualidade, alguns deles suspeitos e prejudiciais á saúde e principalmente porque são feitos com a exploração da mão de obra, por vezes em situação de verdadeira escravatura e com recurso a mão de obra infantil . E nós o que dizemos a isto ? A Europa das liberdades e da justiça, encolhe os ombros de indiferença e ignora …. Como ignorou no passado a invasão colonial do Tibete, pelas tropas desta China comunista-capitalista e organiza viagens imperiais, como a do presidente Sampaio e sua extensíssima comitiva, para lhes lamber as botas e ajudar a deslocalizar, mais umas centenas de empresas.
Eu não entro nas lojas chinesas !!!
Se este assunto o revolta, promova um boicote aos produtos chineses!
Ajude a salvar o comércio nacional e evite o desemprego de mais uns milhares de portugueses!

11 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Sei por fonte segura, que os detectives da judiciária que os andam a investigar, não conseguem perceber o que acontece aos defuntos chineses. Não há registo de enterros. nem de viagens dos corpos para a China. O que fazem os chineses aos seus quando morrem?
é um mistério.
paula ((( : )

15/2/06 12:17  
Anonymous Anónimo said...

Nunca se interrogaram acerca da qualidade daquela carne parecida com vitela, assim fininha mas de sabor intenso, que vem nos chop sueys?
C Marley

15/2/06 12:53  
Anonymous Shana said...

Já todo o mal fosse esse, porque isso podemos nós controlar, bastando para tal não frequentar esses restaurantes! O pior são as consequências drásticas para todos nós se continuarmos a ignorar o problema e a fazer compras nas lojas chinesas!
Já alguém viu um chinês num restaurante português, numa loja portuguesa, num cinema, num bar, muma pastelaria, num talho, numa peixaria ou em qualquer outro tipo de estabelecimento de comércio português? Reparem que os russos, os ucranianos, os moldavos, os brasileiros que aí estão, trabalham em empresas portuguesas e embora enviem parte do seu salário para os paises de origem, gastam muito desse dinheiro aqui no comércio local ajudando assim a desenvolver a nossa economia. O que se passa com os chineses é simplesmente o contrário: não gastam cá um cêntimo e enviam todo o dinheiro para a China ou depositam-no nas mãos das máfias chinesas.
O que o povo ainda não viu ou não quer ver, porque em termos de solidariedade nós somos aquilo que todos nós sabemos, é que ao comprarmos nas nossas lojas estamos a contribuir para que esses comerciantes tenham possibilidades financeiras de movimentar o seu dinheiro entre todos nós e contribuam para o desenvolvmento da região, mas ao comprarmos nas lojas chinesas, apenas estamos a contribuir para a falência de cada vez mais estabelecimentos portugueses com o consequente despedimento de empregados que irão engrossar as fileiras dos dependentes do Subsídio de Desemprego que é alimentado com os impostos de todos nós; ou seja, estamos a contribuir com mais umas pás de terra jogadas sobre a campa em que os chineses querem enterrar o nosso país. E nós, ignorantes e cegos mas com a mania de que somos os eternos chico-espertos vamos falando da péssima situação em que nos encontramos mas vamos, à socapa, fazendo compras na loja do chinês.
Continuem assim!
Os chineses agadecem!

15/2/06 15:53  
Blogger JC said...

Paula, os chineses não morrem em Portugal! Apenas "desfalecem" por vezes, indo acabar de morrer ao país de origem !!! Nem que seja empacotados nalgum contentor.
Pudera, ao preço que estão os funerais em Portugal !!!

15/2/06 21:00  
Blogger Celia Luz said...

Confesso que não sabia de nada disto, é bom abrirmos os olhos uns aos outros.

19/2/06 00:16  
Anonymous António S.Ferreira said...

Mas para foguear um pouco mais, tenho a dizer, que em produtos chineses, não há garantia. E esta?
Se reclamarmos qualquer coisa, fazem que não entendem a nossa lingua lusa, e pronto.Não adianta mais conversas.Produtos chineses hà muitos, mas das lojas do chines nem uma peça passa por mim, é deles e dos marroquinos, que já me enganaram por 3 vezes.

26/2/06 18:41  
Anonymous Anónimo said...

Os chineses são cremados, não enterrados ...
Como não teem qualquer relação com a cultura e religião Ocidental, acredito que o façam em cerimónias privadas, e as cinzas não precisam de cemitério.
Também é verdade que muitos vão acabar por registar o obito na sua terra Natal.
A carne que voçês comem nos restaurantes chineses, não é Humana, mas também podem crer que não é bife de 1ª ou 2ª qualidade ...

Fiquem bem
ZARAtrusca

4/9/06 15:17  
Anonymous Anónimo said...

真的是好对葡萄牙人好失望!

27/4/07 01:45  
Anonymous Anónimo said...

为什么要对中国人这样! 这明明是市场竞争的结果!是你们自己不争气!

27/4/07 01:46  
Blogger lorenzetti said...

Sinceramente não vou à baixa. Adorava, mas não vou. É um pouco como África: tenho medo e calor.

A Baixa -- não confundir com o Chiado, bem mais elegante, embora ainda pouco sofisticado [e foi daí que veio a foto] -- resume-se a lojas decadentes, ruas estreitas e sujas, com carros e sem espaço para pessoas -- e também sem espaço para parar os carros.

Estou-me nas tintas para a ideia de tirar as lojas chinesas da Baixa. Se não fosse pelos acordos da OMC e a Constituição Portuguesa, bem como as boas relações diplomáticas com a China, era e é, sobretudo, porque as restantes não são muito piores.

Tem de agir-se na Baixa.

Mas essa acção não se resume -- nem pode incluir -- a retirada de lojas chinesas da Baixa. Sobretudo para as colocar numa duvidosa 'Chinatown', que seria ainda pior, arriscando-nos a ter um ghetto povoado ou pelo menos dominado por máfias asiáticas sinistras e perigosas, se não para quem lá fosse, para quem lá vivesse ou trabalhasse.

O que é preciso na Baixa -- como de resto no resto de Lisboa e no resto do país -- é limpeza e qualidade.

Limpar ruas e paredes, pintá-las, ter espaço para carros e pessoas, ter transportes públicos decentes, ter segurança nas ruas, e ter lojas limpas, com boa apresentação, produtos de qualidade, atendimento profissional.

Fim às lojas sujas, mal-cheirosas, mal amanhadas, com tudo amontoado, empregados antipáticos e ignorantes e que muitas vezes nem falam português e muito raramente inglês, fim aos preçários feitos à mão em papel de rascunho com canetas de feltro, colocados na rua mesmo para se tropeçar ou ser atropelado ao usar a estrada, fim às montras de mau gosto, à falta de ar condicionado, aos produtos de plástico ranhoso ou que não interessam para nada, às lojas sem multibanco ou que não aceitam cheques, ou que têm sempre tudo esgotado, ou que fecham aos fins de semana ou nas férias, ou à tarde, ou ao almoço, fim às lojas que não fazem embrulhos de presente ou os fazem mal, e aos empregados que nos atendem como se fosse uma deferência ou favor da parte deles...

Parece que só se consegue algo de jeito indo à Carolina Herrera, à Zegna ou à Vuitton na Avenida da Liberdade [e mesmo assim...].

É isto que é preciso mudar, e isto abrange tanto lojas chinesas, como portuguesas, como indianas. Todas. Em Lisboa e fora dela. E nem vamos falar de cafés, bares ou restaurantes... para não perder a sede ou o apetite.

Não pode ser.

Se conseguirmos isto, podemos considerar-nos civilizados. Para já, vou aos saldos de Londres. É que nem sai mais caro...

12/9/07 20:54  
Blogger Ebook Revenda: http://ebookrevenda.ueuo.com said...

GANHAR DINHEIRO IMPORTANDO PRODUTOS DA CHINA


Você gostaria de comprar Produtos Direto da China ?
Comprar produtos com até 80% de Desconto ?
Aprender a vender esses produtos em sites de leilão ?
Quer aprender a Ganhar Dinheiro na internet Dia e Noite sem parar?



Comprar celulares muito barato, compre ipads, compre tudo direto da china,
dos EUA, exemplo: produtos vendidos na china por 11,00 são vendidos aqui
no Brasil por 99,00 na internet, no Mercado Livre e em outros sites de leilão
Aprenda a Importar da China, visite nosso site e começe a Ganhar Dinheiro:
http://www.onlinerenda.com.br/importar-da-china.htm






Palavras Chave:
aprenda a importar da china,
aprenda importar da china,
comercio da china,
como exportar e importar,
como importar,
como importar celulares,
como importar china,
como importar da china,
como importar da china,
download como importar da china gratis,
como importar da china para o brasil,
como importar direto da china,
como importar dos estados unidos,
como importar dos eua,
como importar eletronicos,

31/5/11 01:36  

Enviar um comentário

<< Home